Pages

25 abril 2012

Menos sal no seu prato

Menos sal no seu prato
Saiba como dosar a quantidade desse tempero nas refeições
Se você é fã de sopa e macarrão instantâneo, cuidado: eles têm muito sódio – substância que, em excesso, se torna inimiga do coração (e da barriga chapada!). Então, modere o consumo e leia o rótulo, pois algumas marcas chegam a ter sete vezes mais sódio que outras. A boa notícia: por definição do Ministério da Saúde, os fabricantes têm até 2014 para reduzir esse item dos produtos instantâneos e de outras 15 categorias de alimentos, como salgadinhos de milho, batata palha e biscoitos recheados. Mas, desde já, você pode economizar no sal de cozinha. “Dois gramas desse tempero (o equivalente a uma colher de café) têm cerca de 400 miligramas de sódio (quase 1/5 da dose diária máxima para um adulto saudável)”, diz Roseli Rossi, nutricionista da Clínica Equilíbrio Nutricional, em São Paulo. Aderir ao sal light e ervas podem ajudá-la nessa missão.

Sal light
Tem 50% menos sódio que o sal normal. Se você estranhar o gosto, misture os dois tipos em proporções iguais e, aos poucos, reduza o sal menos saudável. E, claro, evite dobrar a dose do light no prato.


Sal verde 

Misturar ervas secas ao sal ajuda a ressaltar o sabor dos alimentos reduzindo a necessidade de você usar muito do tempero rico em sódio. Sugestão: junte proporções iguais de sal e ervas secas (alecrim, orégano e salsa, por exemplo). Bata no liquidificador e guarde em um vidro seco. Use para cozinhar ou temperar saladas.

2 comentários:

Nah disse...

graaaças a deus eu odeio comida salgada kkkk prefiro beeeem sem sal kkkk :)

Meudesafio-Diariodiet disse...

Isso aí Nha depois que a gente acostuma comer nem sente que não tem sal, o sal incha e temos que cuidar nas embalagens o sódio...