Pages

12 dezembro 2011

Óleo de coco – Ajuda a emagrecer e a queimar gordura

De acordo com o cardiologista e nutrólogo, Dr. Sérgio Puppin, autor do livro Coco – O Milagre de Uma Gordura, o óleo de coco pode além de ajudar a queimar gorduras, queimar calorias, saciar a fome, pode ainda ajudar a combater os desníveis do colesterol, ajuda a melhorar a imunidade e ainda dá energia, mas nem pense que isso tudo é de um dia para outro, os resultados acontecem com o consumo diário e hábitos sempre saudáveis.

Saúde e emagrecimento
O óleo de como é extraído da polpa do coco fresco maduro por processos físicos, passando pelas etapas de trituração, prensagem e tripla filtração. Rico em vitamina E, ácidos graxos (gorduras do bem) e principalmente rico em ácido láurico, substância ativa no leite materno e que dá forças ao sistema imunológico, seu consumo regular protege todo o organismo de bactérias, vírus, fungos e protozoários, regulariza as funções intestinais.
“Ele é um dos poucos alimentos na natureza com características próximas às do leite materno”, diz Puppin. O ácido láurico é facilmente metabolizado pelo organismo, que acelera a queima de calorias e influencia diretamente o processo de emagrecimento. Ou seja seria como voltar a os benefícios que tivemos enquanto estávamos sendo amamentados e com melhorias.

Beleza
Exatamente por ser tão rico em várias substâncias com propriedades hidratantes e antioxidantes que combatem o envelhecimento precoce, principalmente em vitamina E, o óleo é ingrediente principal para muitos produtos de beleza e pode ser usado mesmo puro, nos momentos de massagem.

Na medicina indiana Ayurveda, é tido como medicamento base, de uso tópico para tratar doenças na pele como dermatite e eczema. Além de ser usado em massagens orientais em bebês, visando o equilíbrio energético, como a Shantala.
Para os indianos, o óleo tem o poder de aliviar a raiva e a culpa, incentivar nossa energia vital e refrescar o corpo.

O que mais ele faz?
Entre outras coisas o óleo de coco….
* Ajuda a saciar a fome;
* Aumenta o metabolismo e queima calorias ao transformar gordura em energia;
* Ajuda na prevenção e combate a inúmeras infecções devido à alta concentração de ácido láurico;
* Melhora tanto a diarréia quanto a prisão de ventre, contribuindo na regulação da função intestinal;
* Pode ser aplicado diretamente sobre a pele, hidratando-a, além de prevenir rugas na ação antienvelhecimento.
* Refresca e alivia tensões do dia a dia, quando usado em massagens relaxantes.

Consumo
O óleo não é remédio e sim um complemento da dieta, ou seja não adianta tomar hoje e querer resultado amanhã, o seu uso diário é recomendado em até 3 ou 4 colheres de sopa pode dia. Nada de excesso, pois é óleo do mesmo jeito e tem calorias, 1 colher de sopa do óleo tem cerca de 120 calorias.
Teoricamente, o óleo é um produto natural e sem efeitos colaterais, pode ser consumido por qualquer pessoa, mas pessoas com doenças crônicas, com problemas alérgicos, com distúrbios de aumento de colesterol ou esteatose hepática (acúmulo de gordura no fígado), e os costumeiros mulheres grávidas ou amamentando, diabéticos, crianças e adolescentes, devem consultar um médico antes.
O óleo de coco orgânico é vendido na forma líquida em supermercados e lojas de produtos naturais. Um pote de 500ml custa cerca de R$ 40,00.
VEJA A REPORTAGEM: Sergio Puppin, médico cardiologista e nutrólogo fala sobre o ÓLEO DE COCO EXTRA VIRGEM
FONTE: http://www.dietaebeleza.com

2 comentários:

Katrina Kuun Jumalatar disse...

Olá... é muito difícil emagrecer... infelizmente, mas pode ter certeza que estamos juntas nessa. abraços.

Meudesafio-Diariodiet disse...

Quem tem tendência a engordar é pior ainda. Mas vamos enfrente vencendo dia-a-dia nossos desafios.